A Conta Não Bate

Publicado por em fev 1, 2009 em Blog | 3 comentários

O salário mínimo no Brasil aumentou. Fazia um ano que não aumentava e a partir de hoje o aumento está valendo: 12%!!!

Pois bem, a partir de hoje o bilhete do metrô de Brasília também aumentou. Já tinha sido informada de que ia aumentar, pois na sexta feira ia haver uma manifestação na rodoviária do Plano Piloto, inclusive com ameaça de parada dos serviços. Saí correndo do trabalho para não correr o risco de não ter como voltar para casa. Ah, se eu soubesse…achei que ia ser um aumento proporcional ao aumento dos salários, mas não.

Pasmem, o bilhete do metrô nos dias úteis aumentou 50% e do final de semana 100%!!! Isso sem falar do aumento dos bilhetes do ônibus, que tenho a impressão que aumentaram nesta mesma proporção.

E estamos falando de uma frota terrivelmente velha, ônibus barulhentos, batendo a lataria, soltando fumaça preta. E trens de metrô lotados, parecendo latas de sardinha, e com intervalo entre um e outro de mais de 15 minutos.

Não sei se teve a manifestação na sexta feira, mas estou arrependida de não ter participado.

3 Comentários

  1. Enfim, as passagens de ônibus não aumentaram. Mas este aumento nos bilhetes do metrô está bastante esquisito. Hoje, segunda-feira, o metrô estava vazio. Em um horário que normalmente eu viajaria de pé (pelo menos é o que tem acontecido nos ultimos 4-5 meses diariamente), viajei sentada e com muito espaço sobrando no trem.

    Me parece que o objetivo é transformar o metro de “transporte do público” para ” transporte da elite”.

  2. Brasília é uma cidade estranha.

    É viável usar bicicleta por aí?

  3. Difícil….com este trânsito (mais de 1 milhão de carros nas ruas) e sem ciclovias! Vejo muito pouca gente usando bicicleta como meio de transporte aqui.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.