VI Encontro e Feira dos Povos do Cerrado

Publicado por em set 7, 2009 em Blog | 0 comentários

O VI Encontro e Feira dos Povos do Cerrado terá uma extensa programação cultural, com apresentações culturais e cênicas, além de exposições de vídeos e fotografias. Integram a programação diversas apresentações de danças indígenas e territoriais, apresentações musicais, peças de teatro, teatro de bonecos, capoeira, poesia, exposições de fotografias e vídeos, entre outros.

A programação cultural tem início no dia 10/09, quinta-feira, às 20h30,  no Memorial dos Povos Indígenas em Brasília,onde se apresentarão os grupos de teatro Embaixadores da Lua e Grupo do Pequi, o grupo de dança Mulheres do Ribeirão de Areia, além da apresentação dos Povos Indígenas do Cerrado, do solo de violão do músico Ravi Resck e da leitura de poesias do grupo Cerrado Poético. O destaque vai para o violeiro Pereira da Viola, do Vale Jequitinhonha (MG), que apresenta a sua viola caipira no dia 11/09, sexta-feira.

A REDE CERRADO

Realizadora do evento, a Rede Cerrado é uma articulação da sociedade civil, composta por centenas de organizações de trabalhadores rurais, agroextrativistas, povos indígenas, quilombolas, geraizeiros, quebradeiras de coco, pescadores artesanais, bem como organizações não governamentais engajadas na defesa do bioma e de seus povos. Na sexta edição do Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, uma das maiores realizações da Rede, espera-se que a contribuição social, cultural, política e ambiental perpetue e aprimore os resultados alcançados nas edições passadas.

O início dos trabalhos da Rede Cerrado em prol dos Povos do Cerrado datam de 1992 e, desde então, buscou-se promover os meios de vida sustentáveis, incentivar o intercâmbio entre experiências, valorizar e recuperar as tradições culturais dos povos do Cerrado, formular posições políticas conjuntas e enfrentar coletivamente os problemas socioambientais que afetam o bioma. A cidade de Goiânia foi sede das três primeiras edições do Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, que aconteceram em 2001, 2002 e 2003. O III Encontro, por sua vez, aconteceu em Montes Claros (MG), e o IV, em Brasília.

Os objetivos da Rede Cerrado estão vinculados à preocupação com os problemas ambientais advindos do processo acelerado de expansão da fronteira agropecuária em áreas do Cerrado. Tal processo foi beneficiado, durante as três últimas décadas, por incentivos governamentais e multilaterais, e pela falta de prioridade para o bioma no contexto das políticas públicas, em especial das políticas ambientais.

Durante a sua trajetória, a Rede Cerrado vem buscando o diálogo entre as instituições civis e os governos municipais, estaduais e federal, a fim de gerar a promoção de ações e o aperfeiçoamento de instrumentos de gestão pública que estimulem e possibilitem a preservação da diversidade biológica, social e cultural do Cerrado, induzindo, assim, a sustentabilidade no desenvolvimento do bioma.

A Rede Cerrado está presente em importantes conselhos e fóruns de interlocução com o Governo Federal, como CONACER, CONAFLOR, CONABIO, CONDRAF, Grupo de Trabalho sobre Fitoterápicos, Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), Comitê Gestor Nacional (CGN) do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais.

Leia mais no site do Encontro: www.povosdocerrado.com.br

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.