Holy Cow

Publicado por em jul 9, 2010 em Mesinha de Cabeceira | 0 comentários

Em Delhi, ao redor do Connaught Place, tem muitos vendedores de livros, com bancas na rua ou até mesmo no chão. Vendem livros novos, mas alguns também fazem trocas. Foi lá que, em 2005, troquei dois livros do Tagore por este, Holy Cow, no finalzinho da viagem.

Doeu trocar os livros, mas afinal eu já os tinha lido e quando se está vivendo por 3 meses com apenas uma mochila, não tem muito espaço para livro já lido… naquela época não existiam leitores de livros eletrônicos.

Holy Cow foi uma excelente aquisição. Me manteve conectada à Índia durante a viagem de volta para a Escócia, e diminuiu a sensação de vazio que senti quando deixei o país.

Sarah MacDonald foi morar na Índia, em Nova Delhi, para acompanhar seu marido por um ano. O livro conta de maneira muito divertida suas experiências, aventuras e descobertas neste país fantástico.

Me identifiquei muitas vezes com as descobertas dela. Lógico que é a visão de uma estrangeira, em um país tão imensamente diverso e rico que é praticamente impossível descrever. Mas afinal, a minha lembrança da Índia também é de uma forasteira, não?

Me senti transportada de volta à Índia tantas vezes durante a leitura, que este livro se tornou um dos meus favoritos.  Recomendo a leitura para quem já esteve ou quer estar na Índia, e também para quem só está interessado em uma boa história.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.