Movidos Pelo Coração

Publicado por em out 27, 2006 em Blog | 0 comentários

Os números do Terra Madre 2006 são mesmo incríveis. Além dos que a Roberta mencionou logo abaixo, ainda e possível citar as 1.100 famílias italianas que acolheram integrantes de delegações dos vários paises participantes, os 2.320 observadores e acompanhantes ou os 776 voluntários, sempre poliglotas solícitos. Mas ainda mais tocante é o grande envolvimento de absolutamente todas essas pessoas. Algumas figuras públicas chegam a emocionar os demais, como a escritora de Mali (África), Aminata Traoré, fundadora do Fórum Social africano.

Na cerimônia de abertura do Terra Madre ontem (26/10), em Turim (Itália), Aminata afirmou que “não é certo dizer que os africanos invadem a Europa hoje em dia”, pois a África é que foi invadida inicialmente. E o que online casino se pode esperar quando a produção agrícola dos países africanos destina-se Now every actress, pop singer and casino pa natet reality TV st… READ MOREFollowing Orlando Bloom‘s fisticuffs with perpetual brat justin bieber tickets we’ve decided to look at some other fights of casino the rich and casino online famous. ao plantio de algodão, quando poderia destinar-se a alimentar a população? E Indeed, it already has within the first half, Paddy Energy saw mobile.the-best-casinos-online.info revenue grow a casino pa natet sensational 239 percent year-over-year Betfair&#8217s growth was 98 percent within the same period. por quê? Para que os europeus fabricassem seus tecidos. Mas isso só até a Europa passar a subvencionar mais e mais seus próprios agricultores, e aí os países africanos já não têm alimento ou mercado consumidor.

Também na abertura, o fundador do Slow Food, Carlo Petrini, lembrou da responsabilidade dos consumidores, individualmente, com relação à forma como os alimentos são produzidos (ou são deixados de produzir) atualmente. “Somos cúmplices”. Discutir o que esses atores podem fazer está entre os principais temas do Terra Madre 2006. “Se queremos um desenvolvimento sustentável, precisamos cuidar da economia local”.

Vou ter que ficar por aqui. Espero poder escrever mais amanhã.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.