Mudança: Quanta Coisa!!!

Publicado por em out 1, 2004 em Blog | 2 comentários

Cheguei aqui há exatamente 4 anos. Melhor dizendo, 4 anos e 10 dias. Cheguei com duas malas, cada uma pesando em torno de 30 kg. Depois de um mês morando na universidade, num quarto minúsculo, achei um lugar para morar no centro de Edinburgh. O prédio foi construído em 1870 e o apartamento é enorme. Só o meu quarto tinha uns 30 metros quadrados. Dá prá imaginar para onde está indo esta história, não?

Bem, 4 anos depois, tive que me mudar novamente. E nossa….quanta coisa acumulei nesse tempo!! Como deixei chegar nesse ponto? Só de livros são 60 kg!! E olha que sou uma pessoa muito comedida nas compras, no consumo. Cheguei a conclusão que não estava seguindo a risca minha própria regra: “Uma coisa entra, outra tem que sair”. Devia estar seguindo mais a do “isso um dia me será útil”.

Durante 3 semanas tive que olhar, tocar, rever todas as coisas que acumulei nesse tempo, preparando caixas para a mudança. Não foi nada fácil! O objetivo maior era diminuir o volume de coisas, reduzir o peso, me livrar de coisas desnecessárias. A idéia era “o que não é útil para mim, pode ser útil para outra pessoa”. Encontrei donos para muitas coisas, doei muitas coisas para lojas de caridade, e o que saiu de lixo reciclável daquele quarto não foi brincadeira. Não consegui me desfazer dos livros, meus queridos livros, e dos utensílios de cozinha. Estão todos encaixotados, prontos para viajar para o Brasil.

No final, a mudança em si foi muito divertida. Alugamos uma van, para trazer as coisas e distribuir as doações. Várias pessoas ajudaram a carregar coisas, escada abaixo, escada acima. Algumas foram brindadas com caipirinha na chegada ao destino final, o apartamento que estou agora. Todas serão agradecidas com um jantarzinho ou festinha, assim que o apartamento esteja arrumado. Deu até para esquecer que estava deixando um lugar onde tenho memórias muito boas, o exercício do desapego foi de certa forma facilitado.

Agora reformulei a regra. A nova é: “Se uma coisa entra, duas saem”. Será que vou conseguir seguir? Bem, essa foi só a preparação para a grande mudança que é a volta ao Brasil. Até lá terei que reduzir muito meu volume de coisas. Mas na realidade as coisas não importam muito. O importante foi todo o conhecimento, toda a informação que adquiri nesse tempo. O difícil mesmo vai ser o desapego às pessoas que estarei deixando.

2 Comentários

  1. Roberta
    Ainda bem que de cada uma que entra na sua cabeça não é preciso sair duas. Mas é sempre bom descartar algumas.
    Essa é a grande vantagem humana.
    Tai uma questão para discutir a sociedade do conhecimento.
    Felicidades na nova casa.
    Abraços
    Jorge Hori

  2. Beta, que saudade!
    Que cabeça fantástica!
    Gostaria de estar aí para te ajudar!
    Que você tenha muita energia positiva na nova morada!

    beijos

    Zéca

Trackbacks/Pingbacks

  1. Libertando Livros (ou Me Libertando dos Livros!) | Alimento Para Pensar - [...] ao Brasil, depois de mais de 4 anos fora, a bagagem se resumia a duas malas de roupas e…

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.